Resenha: Carry On - Rainbow Rowell

terça-feira, junho 28, 2016



Assim que eu terminei de ler Eleanor & Park, fiquei apaixonada pela Rainbow Rowell, porém até agora não havia tido a oportunidade de ler outra história da autora. Mas a Novo Século me ajudou bastante, me convidando para ler o livro Carry On antes do lançamento oficial e resenhá-lo no dia 28 de junho, dia do orgulho LGBT. Eu fiquei muito feliz com esse convite, e li o livro tão rápido que fiquei roendo minhas unhas pra poder falar com alguém sobre a história de Simon Snow ♥

Eu ainda não li Fangirl, mas sei que Carry On é meio que a história original sobre Simon Snow, ídolo da personagem principal, Cath, que escrevia fanfics sobre ele (ficou um pouco confuso, eu sei hahaha) 

Então, nesse novo livro, conhecemos Simon Snow, um garoto de 17 anos que é profetizado como o maior mago de todos os tempos, apesar d'ele se achar o pior mago que poderia ter sido escolhido, já que ele ama mágica mas não sabe como controlá-la. Quando criança, Simon foi encontrado pelo diretor da escola de magia de Watford e desde então fez de lá sua casa e seu lar. (olá, Hogwarts hehe).

Ele tem a ajuda de sua melhor amiga e aluna/maga mais inteligente da sala, Penélope, e sua namorada, Agatha, para descobrir o que seu companheiro de quarto e arqui-inimigo, Baz, vêm tramando contra ele durante os 6 anos que eles estudam juntos.


Baz é filho da antiga diretora da escola, que foi assassinada quando ele ainda era uma criança. Ele é bem popular em Watford e um dos motivos de Simon odiar seu colega de quarto, é por achar que Baz é um vampiro e está tentando sabotá-lo e planejando sua morte. O mundo mágico também está passando por uma guerra, onde o principal inimigo é o Insípidum, e o único que pode derrotá-lo, segundo a profecia, é Simon. 

Sim, parece MUITO com Harry Potter, e no início eu até fiquei um pouco desapontada com a história, por ser tão "cópia" dos livros da Rowling. Mas é nesse ponto que Carry On toma um rumo diferente.

A inimizade entre Simon e Baz continua, até Baz voltar após várias semanas em que ficou desaparecido. Os dois então dão uma trégua às brigas e buscam, com a ajuda de Penélope, solucionar um mistério e ao mesmo tempo derrotar o Insípidum.

– Estamos em trégua – diz Snow. 
– Eu ainda posso pensar de maneira antagonista. Penso coisas violentas a respeito de você constantemente.

A maneira como a Rowell desenvolve a história é muito boa e te prende facilmente. Vários elementos são adicionados à trama: o Véu entre os dois mundos, dragões, feitiços, vampiros, fantasmas, e tudo isso deixa a história ainda mais emocionante.

Nunca em um livro eu gostei tanto dos personagens. Eles são muito bem construídos e foi muito difícil não gostar de alguém, porque todos são adoráveis! O romance também é lindo de se ler! Bem a cara da Rainbow escrever um romance que te faz suspirar e ao mesmo tempo não ser totalmente focado na história de amor dos personagens. E gente, eu nunca shippei tanto um casal, como foi com Simon e Baz! Muito amor gente! E o Baz é maravilhoso!

– Eu te escolho – digo. – Simon Snow, eu escolho você.


O desfecho da história é surpreendente e ousada. O final deixou um pouco a desejar, porque eu senti que vários pontos não foram explicados e algumas coisas ficaram meio "soltas" e poderiam ter sido mais exploradas. Mas não tiro o mérito de Carry On, porque é uma leitura que valeu muito a pena! A Rainbow fez um ótimo trabalho!

O que começou como uma fanfic muuuito parecida com Hrry Potter, acabou se tornando um ótimo livro que não tem apenas o romance em foco. Temos a importância da amizade, guerras, magia, política e sim, muita coisa fofa! O cenário mágico que a autora criou é simplesmente fantástico! Super recomendo a leitura!

Título: Carry On (Ascensão e queda de Simon Snow) | Autora: Rainbow Rowell | Editora: Novo Século. | Páginas: 480 | Ano: 2016
♥♥♥♥♥

Espero que tenham gostado da resenha! E aí, se interessaram pelo livro?
Você pode ler o primeiro capítulo disponibilizado pela editora clicando aqui, ou garantir o livro na pré venda clicando aqui ou aqui!

Beijos!

Leia esses também

17 comentários

Seguidores